quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Último Post a Dar que Falar

Ainda que não esteja determinado à partida, todos os projetos têm um final. E este post marca o final do Até Dá que Falar. Foram 8 meses a escrever semanalmente (com pausa para Verão e Natal), durante os quais foi um prazer fazê-lo.

Porque é que estou a acabar com o blogue?

1. Tempo - Não estou com falta de tempo, não é isso. Mas neste momento quero deixar em aberto o tempo que investia no blogue para outras coisas, quem sabe outros projetos semelhantes a este.

2. Falta de vontade - De há uns tempos para cá, tenho-me visto com muito pouca vontade de escrever os posts semanalmente. Obviamente que falta de vontade não é condição suficiente para acabar com o blogue, mas como isto é um hobbie, mais do que uma obrigação, decidi que seria melhor assim.

Até Dá que Falar em revista

Total de posts: 36

Nascimento: Março de 2011
Falecimento: Janeiro de 2012

Total de Comentários publicados: 187

Posts mais vistos:

Já Chateaste Alguém Hoje?

"Legalizar a marijuana: porque não?" 

Post À La Carte

[Debate] Ressurreição de Jesus Cristo: Facto ou Ficção?

21 Maneiras de Usares o Teu Cap

"Ah!, se Eu lá Estivesse com os meus Francos!"

Erasmus em Copenhaga: Porque Não?

E Quando a Febra cai no Meio da Brasa?

O que é que te Faz Saltar da Cama?

10º O Tempo que Não Guardamos para Fazer o que Gostamos


Visualizações de página por país

Portugal
4732
Estados Unidos
1767
Dinamarca
329
Alemanha
148
Brasil
123
Rússia
83
França
41
Holanda
37
Canadá
28
Bélgica
20


PS - não me perguntem como tenho visualizações da Rússia, 90% dessas visitas devem ser de sites de fiabilidade duvidosa.


Agradecimentos

Agradeço a todos aqueles que foram acompanhando este blogue, através da leitura e comentários dos posts que escrevi!

Um grande obrigado a todos aqueles que me ajudaram na realização de alguns posts, nomeadamente a:


  • Sebastião Ribeiro, sem o qual o debate sobre a ressurreição de Jesus Cristo não teria ficado a mesma coisa.
  • Rodolfo Nona, que foi a estrela do post "21 maneiras de usar o teu CAP.
  • Khurram Kabiruddin, Ali Abdullah e todos as outras pessoas que contribuiram para a escrita de vários posts.
Foi um prazer enorme escrever durante estes meses! Espero ter contribuído com alguma coisa de bom para a tua vida, caro leitor, e que continues



quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Resoluçõezitas de Ano Novo

O ano novo é uma data espetacular. Tudo muda nas nossas vidas. As resoluções do ano que passou ficaram completas a meio gás, mas em 2013 é que vai ser! As deste ano, como que por magia, começam a ganhar forma. Basta sentarmo-nos, imaginarmos uma série de propósitos engraçados para o novo ano, que a chegada do 1 de Janeiro vai criar as condições perfeitas para que os nossos objetivos se cumpram. Assim pensam os que existem!

Mas há uma raça diferente de pessoas! Aqueles que, não contentes com a sua mera existência neste mundo, vão um pouco mais longe: vivem!

Existir é pensar. Viver é tentar.

Quem existe, anda todo o ano com uma lista onde vai escrevendo grandes e pomposos propósitos. E escreve-os numa lista porque, neste momento, não tem tempo/dinheiro/capacidades/[preenche com o que quiseres] para os levar para a frente.

Se o ano mudasse de cada vez que esta gente traça objetivos (em vez de definirem objetivos de cada vez que o ano muda), então eles estariam certamente alguns séculos à frente dos que vivem!


Quem vive contenta-se com as coisas pequenas, mas bem feitas. Prefere um ano cheio de resoluçõezitas que se esforça para cumprir, do que uma lista de promessas para o ano que vem. Também gosta de coisas em grande, mas sabe que essas virão por acrescento. O importante é que não tem medo de começar.

"Não tens de ser ótimo para começar, mas tens de começar para seres ótimo."

Com isto desejo-vos a todos um excelente ano 2013, e que corra tudo pelo melhor! 

Eu vou agora tratar da minha primeira resolução para 2013: arrumar o quarto. Está uma espelunca!